sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Lançamento do Projeto Èkó Gbajé - Multiplicando Sabedoria

Mãe Dada de Oxalá lançou em seu Terreiro o Ilê Axé Oxalá Talabi no último dia 20 de Fevereiro (sábado) o Projeto Èkó Gbajé - Multiplicando Sabedoria, o projeto foi contemplado com o Prêmio Tuxáua Cultura Viva 2009 pela Secretaria de Cidadania Cultural (SCC/MinC) e pretende através de ações conjuntas multiplicar, promover e manter diálogos entre inúmeras redes de movimentos sociais, entre elas as implementadas através do programa Cultura Viva do Ministério da Cultura, como as redes Griôs e as redes de Pontos de Cultura. O intuito do Projeto é de poder através destas trocas contribuir para a desmistificação do espaço do terreiro como ambiente impróprio e fechado à convivência social e educacional, e para a afirmação dele como espaço de resistência da cultura dos saberes, espaço de promoção da saúde e espaço de discussão e formação de todos os cidadãos.
Serão realizadas no projeto oficinas de percussão, de dança, de estamparia, de artesanato, de culinária, de contação de contos afros, além de passeios a pólos culturais de Pernambuco e a pontos de cultura e capacitações culturais que serão realizadas em escolas da comunidade do terreiro e em outros espaços da rede do programa, o objetivo é exatamente poder intercambiar ações e multiplicar os conhecimentos contidos no Terreiro entre todos. Já foram inscritos mais de cinqüentas pessoas entre crianças, jovens e adultos para participarem das atividades do Projeto Èkó Gbajé - Multiplicando Sabedoria que terá início no mês de março.
Para Mãe Dada Yalorixá do Terreiro, Mestre Griô e Tuxáua poder iniciar este projeto é semear uma semente que foi plantada a tempo.
" Venho utilizando o espaço do meu terreiro para isto mesmo, agente tem que fortificar a nossa cultura e transmiti - lá para os mais novos, este programa Cultura Viva como o nome mesmo fala é viva e a cultura é viva por que ela está no nosso sangue, e o nosso sangue é vivo e é vida, então a cultura é nossa vida também. O que agente faz aqui no Terreiro e tratar de vidas, cuidar, zelar dos Orixás é cuidar de nossas vidas, esta semente foi plantada muito antes de eu ter nascido, a cultura afro-brasileira é muito rica, com o Èkó Gbajé vamos cair em campo para multiplicar estes conhecimentos..."
Outro ponto importante do Projeto é a criação do Canteiro das Ervas, o canteiro será um espaço de preservação das espécies de ervas que são utilizadas no Terreiro para promoção da saúde e que também mantém um papel importante na Medicina Popular da comunidade.
No decorrer da realização do projeto postaremos aqui em nosso Blog os materiais das atividades realizadas.

Vídeo do Coco no dia do Lançamento do Projeto:

video
REALIZAÇÃO:
SECRETARIA DE CIDADANIA CULTURAL (SCC/MinC)



OBS: TODOS OS DIREITOS RESERVADOS as fotografias, vídeos e textos são exclusivamente do acervo de pesquisa do Ilê Axé Oxalá Talabi, ficando proibida assim suas reproduções sem prévia autorização.

3 comentários:

Anônimo disse...

mãe dada que bom que encontramos com a senhora em nossas vidas. desde que aconhecemos tudo prá nós mudou.
HOJE EU VEJO OTAMANHO QUE É SEU CORAÇÃO É DE TAMANHO INFINITO. Obrigada meu Deus, só o senhor pde me colocar nesse cam.inhO de PAZ, AMOR e FELICIDADES
obrigada Mãe dada.

Tuxáuas em Ação disse...

Tuxáuas em ação, parabéns mãe dada muito bacana a ideia do èkó gbaje, conte conosco outros Tuxáuas para fortificação das nossas ações.

Muito Axé para todos.

Obs: Muito legal a divulgação no blog, parabéns a todos pelo trabalho.

Anônimo disse...

Muito legal o Vídeo, parabens ao pessoal do terreiro.
E bom demais saber que hoje com estas politicas culturais muita coisa mudou na realidade dos terreiro.

Parabens dona Dada.
Que o terreiro continui multiplicando muito axé pelo brasil a fora.

Valeria Carto.