terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Festa de Confraternização do Projeto Roda Alamoju - 2009

O Ilê Axé Oxalá Talabi realizou neste último dia 20 o encerramento das atividades referente ao ano 2009 do Projeto Roda Alamoju, o Terreiro finalizou o Projeto com uma grande festa de confraternização para as crianças que participaram das atividades no decorrer do ano de 2009. O encerramento foi uma grande confraternização entre as crianças, os pais e os filhos do Terreiro. Na ocasião as crianças receberam das mãos de Mãe Dada o certificado de participação no Projeto, os pais receberam os materiais desenvolvidos pelos filhos nas atividades e os filhos do Terreiro que participaram do projeto receberam um certificado de agradecimento. A festa ainda contou com a realização de roda de leituras, com a expossição do Painel de Pintura Alamoju (painel de pinturas criadas pelas crianças nas atividades), com exibição de filmes, com atividades de brincadeiras, com destribuição de presentes e com destribuição de cestas básicas. Também foram expostos sobre a mesa de leitura os livros do professor, escritor, contador de histórias e ex-voluntário das Nações Unidas na Guiné-Bissau, Rogério Andrade Barbosa, que em sua trajetória já publicou mais de 70 livros infantis e juvenis, e já recebeu inúmeros prêmios reconhecendo a importância do seu trabalho e de sua obra. O escritor colaborou com o projeto doando livros de contos Afro-brasileiros para o Terreiro.

O Terreiro no mesmo dia recebeu também a visita de dois estudantes da Lawrence University dos EUA, o brasileiro que estuda Ciências Políticas Gustavo Guimarães e o americano Jacob Cogger, formado em Estudos Internacionais, os estudantes realizaram um intercâmbio cultural com o Terreiro conhecendo o Projeto de perto e participando das atividades realizadas na festa de Encerramento. Segundo Gustavo a importância da realização deste Projeto para comunidade está visivelmente nas pessoas: "Eu me sentir muito à vontade e o Jacob também, fomos bem recebidos por todos, fiquei muito feliz em saber que existe este trabalho aqui em Paulista e deu para notar nas pessoas a importância dele para este bairro, poder fazer este intercâmbio com o Terreiro foi uma experiência e tanto, gostei muito..."

Mãe Dada aproveitou a ocasião para apresentar materiais e falar sobre a importância da utilização do Terreiro como espaço de acesso à educação e à cultura, segundo ela muitas crianças e seus pais mudaram o conceito que tinham do Terreiro. A comunidade que tem o Terreiro como referência cultural, hoje participa ativamente dos movimentos e das atividades que Mãe Dada realiza. O projeto que foi desenvolvido com o intuito de fomentar a cultura da criança, de acessibilizar o livro, a leitura e resgatar as brincadeiras lúdicas, teve um resultado muito maior na comunidade, para Mãe Dada estes resultados são muito mais que possitivo:
"Hoje podemos perceber o respeito das pessoas, no projeto agente também aprende com eles que devemos combater o mal pela raíz utilizando a educação e a cultura, estamos mudando muita coisa com este trabalho e o principal é que estamos passando os conhecimentos adiante para os mais novos. Neste ano de 2009 o projeto recebeu mais de 25 crianças e muitos pais já perguntam quando vai começar as atividades do ano que vem. Se agente fosse receber todos que vem se escrever já tínhamos mais de cem crianças aqui dentro, o problema é que ainda não contamos com apoio para aumentar o número de crianças no Projeto, mas ano que vem vamos continuar..." Relata Mãe Dada.
Para Aguinaldo Júnior, filho biológico de Mãe Dada, o Projeto tem uma visão muito mais ampla do que pode parecer e trabalha com temas variados que vai além da educação:
"A leitura e a brincadeira são utilizadas como ferramentas para tratar de problemas reais que a comunidade vive, que é a falta de acesso a cultura, a frágil educação recebida na escola, a impossibilidade de acesso a saúde, entre outras dificuldades. Na verdade para a comunidade o Ilê é um ponto de promoção de vários segmentos socios-culturais importante para a sociedade, como o educacional, o de saúde e o de lazer, porque trabalhamos com questões muito importante como a alimentação por exemplo, o terreiro tá cercado por uma comunidade carente, as crianças recebem complemento alimentar e sua família também, quer dizer isso acaba sendo uma forma de cuidar da saúde delas."







A Festa fortaleceu ainda mais os laços entre o Terreiro e a Comunidade, foi um momento de confraternizar os resultados. A alegria foi constante entre as crianças e todos os presentes, o Projeto vem tendo uma repercussão muito grande e o encerramento das atividades de 2009 veio comemorar estas conquistas adiquiridas por todos. Os Materiais produzidos pelas crianças que foram expostos no Terreiro e foram desenvolvidos pelas próprias crianças nas atividades de criação chamou a atenção dos presentes na festa, a capacidade de criação das crianças foi um dos temas enfatizado com a criação do painel, parte destes materiais também foram dados as famílias das crianças. Decidimos também publicar aqui em nosso Blog o material desenvolvido por Afine Maida e Aguinaldo Júnior junto com as crianças nas atividades de pinturas, são pinturas de Orixás em papel e tinta guache, e foram elaboradas através de contação de contos dos Orixás nas atividades de roda de leitura, confira a Galeria de Pinturas do Projeto Alamoju, ao lado.
Para ver mais fotos da Festa de Encerramento do Projeto clique aqui

Agradecimentos:
Marcos Brexa
Cristina
Sandra
Márcio Rodrigues
Rogério Andrade Barbosa
George Paulo
R&W Frutas e Legumes
Júnior Matuto
Filhos e Amigos do Ilê Axé Oxalá Talabi
OBS: TODOS OS DIREITOS RESERVADOS as fotografias, vídeos e textos são exclusivamente do acervo de pesquisa do Ilê Axé Oxalá Talabi, ficando proibida assim suas reproduções sem prévia autorização.

4 comentários:

Anônimo disse...

Longevidade ao projeto Roda Alamoju,
que em 2010 tudo seja de axé para o terreiro.
Muita Luz e força para o trabalho tão importante. Que os orixás iluminem todos beneficiados.
Parabéns a Mãe Dadá pelo exemplo de Ya que é, e pelo modo de pensar e de fazer do seu terreiro uma espaço importante para nossa cidade e para o Brasil.

Marquinhos.
Paulista- PE

Parabéns e Feliz 2010 para Todos.

Anônimo disse...

Que projeto importante, de muito axé para o terreiro.
Mãe Dada a senhora esta de parabens pela iniciativa, poucos estão preocupados com a integridade da nossa religião, e o trabalho do terreiro da senhora serve para mostrar as pessoas que a casa de Axé não é coisa do Diabo e sim de sabedoria e força.

Paulo Cunha

Ilê Axé Oxalá Talabi disse...

Obrigada Marquinhos e Paulo, realmente o Alamoju é muito importante para nossa comunidade e com certeza vai ter muitos anos de vida.

Obrigado por visitar o Blog e fiquem a vontade para comentar sempre.

Oxalá abençõe a vocês.
Mãe Dada de Oxalá

Anônimo disse...

Muito Lindo o trabalho do Terreiro com as crianças. Toda criança tem o direito a brincadeira, a informação entre tantas outras coisas, receber de um terreiro estes cuidados é realmente um trabalho muito especial por que nossa religião infelizmente ainda é muito descriminada, este projeto mostra que quem esta realmente afim de fazer uma mudança, transmitir e resgatar coisas boas "coisas com axé", faz.

O reconhecimento deste trabalho é natural Dona Dada, ele realmente merece ser reconhecido por todos nós. Gostei de ver que um projeto realizao com crianças em um Terreiro de Candomble despertou interesse de estudantes de outro país, parabens pelo intercambio também, eles são fundamentais.

Enfim, eu escreveria milhares de coisas neste espaço por que realmente achei muito bom o movimento do Ilé Axé Oxalá Talabi.

Mas vou ficando por aqui mesmo...

Valeria Carto