quinta-feira, 10 de março de 2011

Baque Èkó Gbajé - Carnaval 2011

O Baque Èkó Gbajé realizou na semana de carnaval quatro cortejos na cidade de Paulista. O primeiro foi realizado no sábado de zé perreira na abertura do Carnaval 2011 da cidade, o cortejo teve início na feira livre e terminou na praça Agamenom Magalhães em frente a Igreja de Santa Izabel no centro da cidade. O segundo cortejo foi realizado na segunda-feira no bairro de Paratibe, no bloco infantil Caramelo e teve início na quadra do mangueirão e término em frente ao Clube Municipal da Santista. O terceiro e quarto cortejos foram realizados na terça-feira e na quarta-feira na comunidade Axé Talabi, saindo da frente do ilê e percorrendo as ruas Orobó, São Bento, São Sebastião e a Ocupação 15 de Novembro. Neste carnaval a comunidade do terreiro colocou o baque na rua com o tema "Valorizando as nossas expressões", com coordenação musical de Marcio Rasta e Aguinaldo Júnior, manutenção dos instrumentos de Sr.º Aguinaldo e Marcio Rasta e figurino de Afine Maida - confeccionados no próprio terreiro por Afine Maida e Mônica.

Um pouco da nossa história:

O maracatu Baque Èkó Gbajé nasceu em 2010 a partir das oficinas realizadas no Projeto Èkó Gbajé - Multiplicando Sabedoria contemplado pela Iyalorixá Mãe Dada através do Prêmio Tuxáua Cultura Viva 2009 do Ministério da Cultura. Naquele ano foram realizadas várias oficinas no terreiro para crianças, jovens e adultos da comunidade, e destas oficinas nasceu o grupo que carregou o nome Baque Èkó Gbajé (Baque da Educação Encantadora). A idéia era poder mostrar nossa musicalidade, e através dela poder divulgar nossa cultura e valorizar nossa identidade Nagô.

Cortejo na feira de Paulista

Cortejo no Bloco Caramelo em Paratibe

Cortejo na Comunidade Axé Talabi
Agradecimentos:

Gostaríamos de agradecer a todos que contribuiram para que nosso Baque fosse para rua nesse carnaval 2011, através de doações, sem as mesmas seria muito difícil colocarmos nosso baque na rua, já que a verba do Ministério da Cultura não foi paga. O Prêmio Tuxáua Cultura Viva 2009 deveria ser pago em duas parcelas, ou seja o projeto seria desenvolvido em dois semestres e duas parcelas do prêmio seriam concedidas, mais o mesmo teve a sua segunda parcela paralizada desde julho de 2010 e até hoje não foi paga. Passamos por muitas dificuldades com este descomprometimento, mais não paramos nossas atividades. Gostaríamos de agradecer também a todos aqueles que se comprometeram com o Baque e disponibilizaram o seu tempo para ajudar a colocá-lo na rua, aos filhos de santo do axé, aos amigos do terrerio e as crianças e jovens moradores da comunidade. A todos, nosso muito obrigada em nome da Iyalorixá Mãe Dada e de todos que fazem parte da família do terreiro.

OBS: TODOS OS DIREITOS RESERVADOS, as fotografias, vídeos e textos públicados neste site são exclusivamente do acervo do ILÊ AXÉ OXALÁ TALABI. Ficando PROIBIDO assim suas reproduções sem prévia autorização.

terça-feira, 1 de março de 2011

Divulgação das Apresentações do Baque Èkó Gbajé

O Grupo Baque Èkó Gbajé formado por crianças e jovens moradores da Comunidade Axé Talabi em Arthur Lundgren I - Paulista, abrirá o Carnaval 2011 da Cidade com um Cortejo que se concentrará em frente a Fábrica da Aurora, passará pela feira livre e se encerrará na praça Agamenom Magalhães, em frente a Igreja de Santa Isabel. O grupo também se apresentará na comunidade do terreiro e em Paratibe. Confira o vídeo arte abaixo com a programação, datas e horários.

video

OBS: TODOS OS DIREITOS RESERVADOS, as fotografias, vídeos e textos publicados neste site são exclusivamente do acervo do ILÊ AXÉ OXALÁ TALABI. Ficando PROIBIDO assim suas reproduções sem prévia autorização.