segunda-feira, 7 de novembro de 2011

5º Caminhada dos Terreiros de Pernambuco

ìpàdé de Èsù - Cerimônia de Abertura da 5º Caminhada.

A ACTP (Associação Caminha dos Terreiros de Pernambuco) junto ao GRAC-PINA (Grupo de Ativação Cultural, ao Ylê Asè Egbé Awô (Terreiro de Mãe Elza de Yemonjá), ao Movimento Negro Unificado e a os demais Terreiros colaboradores de Religiosidades de matriz africana, afro-brasileira e indígena, realizaram na primeira sexta-feira de novembro dia 04/11 a 5º Caminhada dos Terreiros de Pernambuco. O evento que vem mobilizando a cinco anos os povos tradicionais religiosos de Pernambuco se mostrou mais uma vez importante para o desenvolvimento do estado e de grande relevância. O povo levou para as ruas da cidade do Recife suas louvações, seus cânticos, suas danças e seus toques e junto aos ilús e atabaques celebraram o mês da Consciência Negra, abrindo o calendário das celebrações na cidade e reivindicaram seus direitos. Duas das reivindicações destacadas como urgentes para os Povos de Terreiro do estado foi o cumprimento da Lei Nº 10.639/03 que obriga o ensino da história da África nas escolas e a revisão da Lei estadual Nº 12.789/05 lei de proteção do bem estar e do sossego público (Esta lei vem atingindo os terreiros do estados que realizam suas homengens ao orixás com cânticos, toques de atabaques e danças). 

Babalorixá – Adeildo Paraíso da Silva (Ivo de Xambá) entoando cânticos
de sua tradição para o Orixá Ogun.

OBS: TODOS OS DIREITOS RESERVADOS as fotografias, vídeos e textos, assim como todos os conteúdos publicados neste site são de uso exclusivo do ILÊ AXÉ OXALÁ TALABI, ficando assim PROIBIDO suas reproduções sem prévia autorização. 

Nenhum comentário: